McLaren Senna é o carro com IPVA mais caro de SP em 2020

Os proprietários da McLaren Senna pagarão o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2020 mais caro do estado de São Paulo, segundo informou a Secretaria da Fazenda. Com valor estimado em R$ 7,2 milhões, pela tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) de setembro, o IPVA cobrado no ano que vem será de R$ 288.259,03.

O esportivo que pode chegar a 340 km/h é uma homenagem ao piloto brasileiro Ayrton Senna, três vezes campeão de Fórmula 1 pilotando uma McLaren. O G1 experimentou o carro em Interlagos.

A McLaren Senna é empurrada por um motor V8 4.0 biturbo, que rende 800 cavalos de potência e faz o carro acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 2,8 segundos.

O sobrinho do tricampeão, Bruno, ajudou no desenvolvimento do modelo, que é limitado. Somente 500 unidades foram produzidas.

Já o menor valor de IPVA será pago pelos donos da moto Hero Puch 50, no valor de R$ 11,68.

Segundo a tabela de valores venais divulgada pela Secretaria da Fazenda de São Paulo nesta sexta-feira (14), a moto custa R$ 584.

Tesla Cybertruck já acumula 146 mil pedidos ‘sem propagandas’, diz Elon Musk

Tesla Cybertruck já acumula 146 mil pedidos ‘sem propagandas’, diz Elon Musk

Primeira aparição da picape elétrica causou constrangimento quando bola de metal atirada contra os vidros “inquebráveis” fez estrago. Chefão também mostrou um novo teste sendo realizado.

Apesar do fiasco da apresentação em Los Angeles, onde as prometidas janelas “inquebráveis” se quebraram, o Tesla Cybertruck já acumula 146 mil pedidos. A informação foi publicada pelo proprietário da marca, Elon Musk, no Twitter.

De acordo com Musk, dos 146 mil pedidos pela picape elétrica, 17% são pela versão com tração traseira e motor único, 41% são pela versão com tração integral e três motores, enquanto 42% são pela configuração de tração integral e motor duplo.

O empresário define o Cybertruck como “um caminhão melhor do que um Ford F-150 e mais rápido do que um Porsche 911”, e reforçou que o número foi alcançado “sem propagandas e sem publicações pagas”.

O modelo tem autonomia de até 805 km e vai de 0 a 100 km/h em cerca de 3 segundos. A suspensão é adaptativa.

Entre as prometidas utilidades de um caminhão estão capacidade de reboque de mais de 6,3 toneladas, carga útil de até 3,5 toneladas e possibilidade de levar até 6 pessoas. A carroceria é feita de liga de aço inox, resistente a amassados, arranhões e até a balas de 9 mm.

Ford Mustang Mach-E tem tela gigante e botão de iPhone na maçaneta

Tradicional muscle norte-americano abriu mão do motor V8 para se tornar um SUV elétrico nesta variante inédita; veja os detalhes no vídeo

QUATRO RODAS foi até o Salão do Automóvel de Los Angeles conhecer a versão SUV elétrica do Ford Mustang.

Batizado de Mustang Mach-E, o carro chega com uma potência de até 465 cv e alcançando os 100 km/h em 3 segundos, em sua versão mais potente.

Nada mau para um modelo totalmente elétrico que tem autonomia de 337 km ou 480 km, dependendo de sua configuração.

O novo Mustang Mach-E chega aos EUA em 2021 custando US$ 44.000, cerca de R$ 180.444, em sua versão de entrada. O modelo será produzido no México e está nos planos da Ford para o Brasil dentro de alguns anos.

Nós conhecemos a novidade de pertinho e mostramos em vídeo as suas principais curiosidades, como a central multimídia com tela gigante, à la Tesla, e os botões inspirados nos iPhones que substituem as maçanetas.